Rodrigo Matiskei, professor do FIAMFAAM Centro Universitário

 

Você sabe o que é lundu? Lundu, é uma das maiores joias que surgiu bem aqui, nos tempos de um Brasil colonial e imperial lundu é a Gênese, da nossa história musical, é a semente que germinou floriu deu vários frutos, hoje é Raiz a base de tudo, pai da nossa maior identidade musical brasileira o samba.

Quando os portugueses se instalaram no Brasil de vez, isso em 1808, trouxeram em suas bagagens seus costumes e suas culturas, as músicas ouvidas em Portugal no século XIX eram referidas como eruditas, músicas cheias de acordes e escalas, geralmente tocadas ao som do cravo, o antecessor do piano.

A população do Brasil neste século, era repleta de índios, afrodescendentes e portugueses, não demorou muito para os portugueses se encantarem com ritmo forte, a batida, o gingado da batucada vinda lá de Angola, é daí, da junção da música Europeia, com a batida africana que surge o primeiro ritmo afro-brasileiro, Lundu, hoje esquecido, ou melhor escondido,mas tenha certeza de uma coisa, lundu está em cada música brasileira, nos choros  de callado e Chiquinha Gonzaga, nos sambas de, Pixinguinha, Adoniran Barbosa, Clara Nunes, Fundo de Quintal, na bossa de Tom e Vinícius na pegada da Timbalada, na levada do Olodum, está aqui, alí, em todos os lugares no mundo, aliás do universo, as influências do lundu é tão forte, que os cientistas da Nasa escolheram o samba “Coisinha do Pai” Para despertar o robô Sojouner para mais um dia de trabalho na superfície de Marte.

Não tem como não ouvir o lundu e não sorrir ou balançar os pés, ele é doce como o quindim, que também é mistura dos doces de ovos portugueses e da cocada bahiana.

Que doce perfeito, que ritmo maravilhoso, que misturas bem-feitas essas.

 

Ficou curioso para ouvir o Lundu?! Entre nesse link: https://youtu.be/XH2XkZUM7BM

 

 

 

 

 

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.